Montador de móveis em Franca SP, Atendemos toda a cidade de Franca SP e proximidades. O Nosso serviço é bem em conta com um preço Justo que Caiba no seu bolso. Será um prazer te atender!

Franca é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo, sede da 14ª Região Administrativa do estado de São Paulo e do em implementação Aglomerado Urbano de Franca. É a 74ª cidade brasileira mais populosa e a 9ª mais populosa do interior do estado de São Paulo. Localiza-se a 20º32’19” de latitude sul e 47º24’03” de longitude oeste, distante 401 km da capital estadual e a 676 km de Brasília. Possui uma área de 607,333 km², dos quais 86,92 km² estão em zona urbana, e sua população estimada em julho de 2017 era de 347 237 habitantes.[5] É conhecida em todo Brasil como a Capital Nacional do Calçado e a Capital Nacional do Basquete.

Sendo considerada a 5ª cidade mais segura do Brasil[8], a 5ª melhor cidade para se viver no Brasil, a 20ª mais desenvolvida[9] e a 52ª em qualidade de vida[10], Franca é um importante centro urbano, econômico e industrial, atraindo diariamente milhares de pessoas de cidades ao seu redor tanto do estado de São Paulo como de Minas Gerais. Franca foi eleita pelo Instituto Trata Brasil, a cidade brasileira com a melhor rede de saneamento básico e tratamento de água dentre todos os municípios brasileiros com mais de 300 mil habitantes[11].

A cidade terá a primeira usina solar compartilhada para empresas do país, que tornará o custo energético mais barato do que em outros municípios do mesmo porte. O município está no nordeste do Estado de São Paulo, uma das regiões com maior incidência solar do Estado, os fatores naturais e a boa infraestrutura a tornam atrativa para investimentos de empresas nacionais e estrangeiras para a economia solar, além do desenvolvimento de tecnologia de ponta.[12]
Origens
A história da região denominada Sertão do Capim Mimoso próxima aos Rio Pardo e rio Sapucaí tem início com os bandeirantes: a partir da bandeira do Anhanguera (o filho), em 1722, que construiu o “Caminho de Goiás”, ou “Estrada dos Goiases” que ligava a cidade de São Paulo até as minas de ouro de Goiás, que naquela época pertencia à Capitania de São Paulo.[13]

Começam a surgir, a partir de então, os famosos “pousos” de tropeiros, locais onde os paulistas paravam para descansar – eles e os animais de carga -, durante as viagens que faziam em sua busca pelo ouro no interior do Brasil. O pouso que deu origem à cidade de Franca era conhecida, na época, pelos bandeirantes, por “Pouso dos Bagres”.[14]

No final do século XVIII, havia dispersos na região vários desses pousos. Em 1779, moravam cerca de uma centena de pessoas, no sertão do Rio Pardo pertencente à Vila de Mogi Mirim. Para uma melhor organização do local, foi criada uma Companhia de Ordenanças e nomeado, como seu Capitão, o português Manoel de Almeida. Posteriormente comandou o distrito, a partir de 1804, o Capitão Hipólito Pinheiro.

No início do século XIX, os filhos de Manoel de Almeida (Antônio Antunes de Almeida e Vicente Ferreira de Almeida) doam suas terras para a construção de uma capela, benzida pelo padre Joaquim Martins Rodrigues. Juntam-se, depois, a essa população mineiros e goianos, que devido à decadência da mineração em suas regiões, começam a se instalar no “Belo Sertão do Rio Pardo”, por incentivo do governador-geral da Capitania de São Paulo, António José da Franca e Horta, ao qual se deve o nome da cidade. Esses pioneiros reivindicaram junto ao governo geral do Brasil a criação de uma freguesia porque a freguesia mais próxima era a de Mogi Mirim, a centenas de quilômetros de distância.
A Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Franca foi criada em 3 de dezembro de 1805, pertencendo ao termo da Vila de Mogi Mirim. O território original da Freguesia da Franca, que fora desmembrado da Vila de Mogi Mirim, abrangia a região de Batatais e estendia-se até Igarapava e Guaíra e era muito extenso. Foi, porém, bastante reduzido com a criação de novos municípios: Batatais em 1839, Igarapava em 1873, Ituverava e Patrocínio Paulista em 1875, São José da Bela Vista em 1948, Cristais Paulista em 1959, Restinga, Jeriquara e Ribeirão Corrente em 1964.[15]

Em 1821, é criada por Dom João VI a “Vila Franca Del Rey”, que só foi instalada em 28 de novembro de 1824, sendo o primeiro presidente da Câmara Municipal o Capitão José Justino Faleiros, empossado, junto com os demais vereadores, no dia 30 de novembro de 1824. Com a independência do Brasil, passa a se chamar Vila Franca do Imperador, uma homenagem a D. Pedro I do Brasil.

Em 1821, Minas Gerais tenta anexar a região, mas devido à resistência dos francanos, a tentativa falha. Esse episódio está registrado no brasão da cidade, com a cidade fortificada e o lema “GENTI MEAE PAULISTAE FIDELIS” (Fiel à Minha Grei Paulista). Em 1838 houve em Franca uma rebelião que ficou conhecida como Anselmada. Em 1839 é criada a comarca da Franca. Neste ano, Franca perde grande parte de seu território para a criação da Vila de Batatais.

Consolidação

Antiga estação ferroviária de Franca: a cidade foi servida pela Estrada de Ferro Mogiana.
Pela lei provincial nº 21, de 24 de abril de 1856, Franca é elevada à categoria de município e cidade. Na década de 1830, francanos, especialmente das famílias Garcia Leal, Correia Neves e da família Souza, iniciaram a povoação da região de Santana do Paranaíba no atual Mato Grosso do Sul. O município recebeu muitos imigrantes. Com a expansão do café para o Oeste Paulista vêm os imigrantes, sobretudo italianos. A partir destes imigrantes, monta-se a primeira indústria da cidade, calçadista, que desenvolve-se principalmente a partir da década de 1920.

Franca participou da Guerra do Paraguai com os Voluntários da Franca e com o famoso Guia Lopes. Na década de 1890, Franca passa a ser servida pela Estrada de Ferro Mogiana, mas, no início do século XX, o ramal de Franca foi abandonado e os trilhos retirados porque a Estrada de Ferro Mogiana construiu outro ramal, uma variante, ligando Ribeirão Preto a Uberaba sem passar por Franca. A cidade empenha-se durante a Revolução Constitucionalista de 1932, na qual morreram por São Paulo seis cidadãos francanos.

Atualmente, destaca-se no setor da indústria de calçados masculinos, mas as indústrias calçadistas de Franca já estão dando atenção e produzindo também calçados femininos, ainda que, até hoje, o café tenha ativa participação na economia do município.

Bairros Atendidos:

  • C

  • Centro
  • Chácara Espraiado
  • Chácara Santo Antônio
  • Chs São Paulo
  • Cidade Nova
  • City Petrópolis
  • D

  • Distrito Industrial Antônio D – Torre
  • Distrito Industrial Área D – Torre
  • Distrito Industrial Onofre Jacometi
  • E

  • Esplanada Primo Menegheti
  • Estação
  • H

  • Higienópolis
  • J

  • Jardim Aeroporto I
  • Jardim Aeroporto Ii
  • Jardim Aeroporto Iii
  • Jardim Ângela Rosa
  • Jardim Barão
  • Jardim Bethânia
  • Jardim Boa Esperança
  • Jardim Brasilândia
  • Jardim Califórnia
  • Jardim Conceição Leite
  • Jardim Consolação
  • Jardim Doutor Antônio Petraglia
  • Jardim Éden
  • Jardim Francano

 

  • Jardim Integração
  • Jardim Líbano
  • Jardim Lima
  • Jardim Luíza Ii
  • Jardim Maria Rosa
  • Jardim Monte Carlo
  • Jardim Noêmia
  • Jardim Paineiras
  • Jardim Palestina
  • Jardim Palma
  • Jardim Palmeiras
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim Portinari
  • Jardim Primavera
  • Jardim Redentor
  • Jardim Riviera
  • Jardim Roselândia
  • Jardim Samello Woods
  • Jardim Santa Efigênia
  • Jardim Santana
  • Jardim São Luiz
  • Jardim São Vicente de Paula
  • Jardim São Vicente Paula
  • Jardim Tropical
  • Jardim Veneza

 

  • N

  • Núcleo Agrícola Alpha
  • P

  • Parque do Castelo
  • Parque dos Lima
  • Parque dos Pinhais
  • Parque Francal
  • Parque Lima
  • Parque Progresso
  • Parque Residencial Santa Maria
  • Parque São Jorge
  • Parque Universitário
  • Parque Vicente Leporace I
  • Polo I Área Nogueira
  • Polo Industrial São Bernardo
  • Prolg Jardim Aeroporto I
  • Prolg Jardim Ângela Rosa
  • Prolg Jardim D Área Petraglia
  • Prolg Vila Duque de Caxias
  • Prolg Vila Industrial
  • Prolg Vila Santa Cruz
  • R

  • Recanto Itambé
  • Residencial Amazonas
  • Residencial Jardim Vera
  • Residencial José Carlos
  • Residencial Nosso Lar
  • Residencial Paraíso
  • S

  • Santo Agostinho

 

  • São Joaquim
  • São José
  • São Miguel
  • V

  • Vila Aparecida
  • Vila Champagnat
  • Vila Chico Júlio
  • Vila Exposição
  • Vila Flores
  • Vila Formosa
  • Vila Industrial
  • Vila Nicacio
  • Vila Nossa Senhora das Graças
  • Vila Raycos
  • Vila Regina
  • Vila Rezende
  • Vila Santa Cruz
  • Vila Santa Rita
  • Vila Santo Antônio
  • Vila Santos Dumont
  • Vila Scarabucci
  • Vila Totoli
  • Vila Tupi

Montador de Móveis em Franca SP

Montagem e desmontagem de Móveis Franca SP.

Montador de móveis Franca SP

Deixe uma resposta